d

Right marquee directionAlter

quarta-feira, 15 de outubro de 2008

MALDADES DA NATUREZA

A desmedida realidade estava ali à minha frente. Olhei e encontrei nos olhos de uma criança a resignação e o conforto conquistada pela educação que estava a receber daqueles que a buscaram para o Mundo, nem sempre digno da sua grandeza. A abertura de dialogo, a verdadeira verdade nua e crua faziam daquela criança um ser maior, divino. Se podemos dizer que Deus manda à terra seus guardiões para conquistar e melhorar a humanidade. Então sim, eu posso acreditar que existe maldade na Natureza. Os guardiões de Deus não necessitavam de ser diferentes dos menores capacitados de espírito.
A imaginação do ser humano para chegar onde deseja é infinita, mas a deficiência motora ou mental não faz parte do seu imaginário como realidade substancial e, quando acontece, só a força, a verdade e a vontade de contrariar a Natureza,são a grande razão das suas vidas. Eu encontrei essa força na Mariana e nos seus progenitores.
A Mariana, com os seus nove anos de idade, corria dum lado para o outro, diante dos meus olhos, graças à mobilidade de uma cadeira de rodas adaptada e das mais sofisticadas que eu jamais tinha visto. Eu olhava para ela com admiração pela abnegação da sua diferença, comportamento e raciocínio.
Mariana até quando estarás entre nós, para conquistar o nosso espírito e melhorar as nosas almas? Se foi para isso, que vieste ao Mundo terás muito trabalho Mariana... pois o homem levará muitos séculos a aprender que só será grande quando elevar a Deus e a toda a humanidade, a sua grandeza de caráter.

1 comentário:

ISA disse...

Quando as crianças vêem ao mundo encontram em seu redor um pai e uma mãe que os ama. E são acarinhados pela vida. Isto se no seio onde nasceram tiveram a sorte de encontrar aquilo a que têm direito.
jinhos
Isa